Precisamos falar sobre “Santa Clarita Diet”

Olá, queridos!

Pra você, que sobreviveu ao primeiro episódio, e também pra você que arrepiou todinho com a quantidade épica de vômito nos primeiros minutos da série e fugiu dela como se não houvesse amanhã, precisamos conversar sobre o lançamento da Netflix, “Santa Clarita Diet“.


maxresdefault

A série original da Netflix foi lançada no dia 03 de Fevereiro e, desde então, tem levantado polêmica nas redes, gerando comentários muito negativos ou muito positivos, por conta do choque que causa. A série é estrelada pela maravilhosa Drew Barrymore

O criador Victor Fresco não economizou nem um pouco em termos de choque e esquisitice. Sua criatividade assombra não com um terror real, mas por causar repulsa e desconforto. A primeira cena chocante da série é a cena em que Sheila “passa mal” durante a visita de um casal a uma das casas que o casal tentava vender. A quantidade de vômito expelida por ela pode ser comparada à quantidade de sangue que Tarantino gosta de usar em seus filmes. E olha que o rapaz capricha no quesito sangue! 

Após essa primeira cena, o casal Sheila e Joel se vêem diante de uma situação totalmente nova em suas vidas. A mulher começa a ter um apetite sexual mais aguçado, atende a seus instintos mais primitivos e desenvolve uma dieta à base de muita proteína. A esquisitice só vai aumentando a cada episódio e, por mais nojenta que seja, precisei assistir até o final, principalmente para tentar entender o que estava acontecendo, ver se aquela quantidade homérica de vômito e sangue teria uma finalidade, ou se era só pra ser a série mais bizarra já produzida. Uma versão cômica de TWD, com uma mamãe zumbi muito cativante.

Acima de tudo, é preciso ressaltar que a série é muito bem produzida, a fotografia é excelente e tem uma boa trilha sonora.

No final, preciso confessar, me afeiçoei muito ao casal. A dupla se torna cada vez mais maluca e excêntrica. A série é muito trash e bizarra sim, mas tem um humor leve e em vários momentos em que a relação entre marido e mulher, mãe e filha e mesmo na amizade de Abby com o vizinho Eric, deixa lições para se aprender, sobre amar o outro independente dos defeitos ou bizarrices. Inclusive, os vizinhos do casal que aparentemente levam suas vidas ‘normais’, não conseguem demonstrar nem de perto o afeto e companheirismo da família da mamãe zumbi.

A primeira temporada conta com 10 episódios de 29min. cada e deixa o final em aberto para a temporada que virá, com um episódio excitante e divertido. O retorno está previsto para o final de 2017, entre os meses de Outubro e Novembro. O gênero indicado é comédia, mas pode se enquadrar também em ‘excêntrica’, ‘humor absurdo’, ‘thriller‘…

Aos que tiverem estômago pra ver muita gosma, sangue e dedos servindo de snack, é uma série que vale a pena conhecer. 🙂

Lista de episódios: 

  1. Morcego ou macaco?
  2. Não podemos matar pessoas
  3. Podemos matar pessoas
  4. O turista sexual
  5. Gente comendo gente
  6. Atenção aos detalhes
  7. Será estranho ou desrespeitoso?
  8. Quanto vômito?
  9. O livro
  10. Baka, bile e tacos de beisebol

Nota: 3.5/5

Trailer:

Post por: Munique

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s